Go to the content
or

anfes

 Go back to Artigos
Full screen Suggest an article

ANFES apresenta defesa, na qualidade de amicus curiae, em julgamento da ADI 4247 no STF

November 3, 2020 17:39 , by Seiva de Carvalho Chaves - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 33 times
Marrom e azul simples moderno orientacoes de marca apresentacao 1

Representada pelo advogado Thiago Campos, a Associação Nacional das Fundações Estatais de Saúde - ANFES, na qualidade de amicus curiae, manifestou-se desfavorável à  Ação Direta de Inconstitucionalidade - ADI (4247), pedido pelo Partido Socialismo e Liberdade - PSOL, que questiona a constitucionalidade da Lei Estadual nº 5.164/2007, que autoriza a criação de fundações estatais para prestação de serviços na área da saúde pelo poder executivo, e da Lei Complementar nº 118/2007, que define o campo de atuação das fundações, ambas do Estado do Rio de Janeiro.

Durante a defesa, que ocorreu em sessão virtual, o advogado da ANFES, Thiago Campos, defendeu que o modelo adotado pelo Estado do Rio de Janeiro tem respaldo legal. O Sistema Único de Saúde - SUS, é composto por entidades de administração direta e também indireta, entre elas as fundações, como define a Lei nº 8.080. O julgamento dessa ADI servirá de baliza para o entendimento do STF sobre o modelo jurídico institucional das fundações estatais adotados por diversos estados como a Bahia, Pernambuco, Ceará, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Mato Grosso.

O julgamento da ADI 4247 começou no dia 23/10, com o voto favorável as fundações do Ministro Marco Aurélio, relator do processo, e o debate segue até essa terça-feira, 03/11. Segundo o Ministro relator,  "não há inconstitucionalidade, uma vez que, no campo simplesmente pedagógico, previu-se a regência do pessoal, considerados direitos e obrigações, pela Consolidação das Leis do Trabalho. O Estado não toca serviço público na área da saúde e se utiliza de interposta pessoa – de natureza privada – que, então, adentra o mercado de trabalho e contrata. Inexiste quer o vício formal quer o material".

Para o presidente da ANFES, Alisson Sousa, "todos os esforços estão sendo feitos, seja no judiciário, no legislativo e nos Tribunais de Contas, para defender o modelo de fundação estatal que já está há 13 anos em funcionamento, e logrando êxito, no que tange a gestão pública de saúde no país".

Acesse o link: Manifestação ANFES ADI 4247 2020-10-27 e assita a gravação da manifestação do advogado Thiago Campos, em sessão virtual ocorrida em 27 de outubro de 2020. 

Para ter acesso ao memorial da manifestação clique aqui: Memoriais ADI 4247 - Modelo Jurídico


Categories

Brasil
This article's tags: manifestação anfes rio de janeiro modelo de gestão fundações estatais de saúde ADI 4247 anfes

0no comments yet

Post a comment

* field is mandatory

If you are a registered user, you can login and be automatically recognized.