A Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista (FSVC) que realiza a gestão do Hospital Municipal Esaú Matos promoveu a primeira edição do “Forró Baby”, com alguns bebês da UTI vestidos a caráter.

n

Elementos das tradicionais festas juninas pelo corredor do hospital, como bandeirolas, já anunciavam que a tarde desta segunda-feira (18), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Esaú Matos seria diferente. Foi a primeira edição do “Forró Baby”, que levou o clima junino para a UTI, com música e comidas típicas da época, integrando pais e equipe.

n

“Achei uma novidade ter eventos como este num hospital”, contou Edirlei da Silva, natural de Caculé e mãe de Paulo Gabriel que nasceu de 30 semanas, pesando 800 gramas. Há dois meses, a “mamãe canguru” está com o filho na UTI para que ele ganhe peso e possa ir pra casa. “Só de sair do quarto já anima. Não vou poder participar do São João de outras cidades, mas graças ao hospital estou participando de um”, comemorou.

n

Em mais uma visita ao primeiro neto, os avós de Daniel, nascido de 35 semanas e que no próximo dia 24 completa um mês de vida, também aprovaram o momento de confraternização. “Achei muito interessante a iniciativa do hospital porque sai da mesmice, da rotina dentro do quarto, as mães estão vendo e interagindo com outras pessoas. Foi muito bom”, afirmou dona Gilvani Fróes.

n

Nora de Gilvani e mãe de Daniel, Clairdelune Guimarães concordou. “Honestamente, o Esaú me surpreendeu tanto em questão de estrutura quanto de profissionais. E eu achei sensacional esse tipo de ação porque tem muitas mães que ficam aqui o dia inteiro e isso distrai um pouco. Além do que é bom também para confraternizar”, avaliou.

n

De acordo com o diretor geral da Fundação Pública de Saúde, que administra o hospital, Felipe Bittencourt, esta foi a intenção do Forró Baby. “Fizemos essa festa para reunir a equipe da UTI, que trabalha incessantemente, os pais, que estão no cuidado diário com seus filhos, e as crianças aqui internadas. Isso vai ajudar muito na reenergização dos pais e nos reflexos da saúde dos bebês”, contou.

n

Alguns bebês internados na UTI, inclusive, foram vestidos a caráter. Sainhas coloridas e chapeuzinho na tiara deram toda fofura aos pequeninos. “A festa junina é nossa, do nordeste. E a maioria dos pais quer seu filho vestido para o São João. Será o primeiro São João dessas crianças e, para nós, é a maior satisfação poder proporcionar isso”, reforçou Felipe.

n

A iniciativa faz parte do projeto realizado pela Fundação de Saúde, o “Práticas Integrativas: A arte no ambiente hospitalar”.

n

 

n

 Whatsapp image 2018 06 21 at 08.41 Whatsapp image 2018 06 21 at 08.41 Whatsapp image 2018 06 21 at 08.41 Whatsapp image 2018 06 21 at 08.41

n

Matéria publicada pela Fundação de Saúde 
 Em 19 de junho de 2018 as 11:54:30 |  http://www.pmvc.ba.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>