Principal

n

Realizada pela ANFES, com apoio da Fundação Saúde (FSERJ), aconteceu no dia 14/10, na Sede da Fundação Saúde, Rio de Janeiro/RJ, a Reunião do Conselho dos Diretores de Fundações Estatais de Saúde.

n

Reuniram-se o Dr. Carlos Adolfo Barreira Pinto Calçada, Diretor Executivo da FSERJ; o Dr. Albert James Ambram , Diretor de Planejamento e Gestão da FSERJ, o Dr. Antonio Carlos Rosa, Assistente I / DEX – FSERJ; o Dr. João Henrique Marques, Assessor DPG – FSERJ; o Dr. Alisson Sousa, Presidente da ANFES; o Dr. Bruno Rébula Klein, Diretor de Recursos Humanos da FSERJ; a Dra. Antonia Luiza Barbosa, Diretora Administrativa Financeira da FSERJ; a Dra. Mariana Ferreira Garcia, Assessora DRH – FSERJ; a Dra. Viviana Covatti, Superintendente / FMSC; a Dra. Fatima Garcez, FEPISERH – PI; o Dr. Gilberto Albuquerque, FEPISERH – PI; o Dr. Bruno Sasson, FESAUDE Niterói/RJ; a Dra. Ana Maria Carvalho Schneider, Diretora Geral, FESAUDE Niterói/RJ; o Dr. Alex Borba dos Santos, Diretor Pessoal, FHGV-RS; o Dr. Sezifredo Paz, Diretor Geral, FEAS; o Dr. Rafael Korff Wagner, Lippert Advogados; Ingrid Sassen, Diretoria Jurídica – FSERJ; Carlos Alberto Trindade, FESF – SUS.

n

Reuniao2

n

Para o presidente da ANFES, Alisson Sousa, a reunião foi muito importante pois definiu as ações estratégicas da associação e também por ser um momento de trocas, compartilhamento de experiências das fundações, e assim como, por agregar novas fundações estatais de saúde aos espaços da ANFES.

n

 

n

Os seguintes pontos foram debatidos e colocados para encaminhamento:

n

I – Continuar nos esforços para a aprovação da regulamentação do marco legal das fundações públicas de direito privado, em sua área de atuação;

n

II – Avançar na propositura da Ação Coletiva para reconhecimento da imunidade tributária das entidades de saúde, e recuperação dos valores recolhidos;

n

III – Realizar Benchmarking para troca de indicadores e níveis de eficiência, e experiências;

n

IV – Criar grupo para discutir Dificuldades nos processos de licitação de aquisição de medicamentos;

n

V – Criar grupo para discussão dos Modelos de Contrato de Gestão e indicadores;

n

VI – Criar grupo de acompanhamento das decisões do STF e no Congresso Nacional, concernentes a assuntos de interesse das fundações;

n

VII – Realizar fórum tendo como pauta a concentração dos maiores temas concernentes às fundações;

n

VIII – Realizar reunião das Câmaras Técnicas pela ANFES, visando discussão dos temas comuns às fundações e a criação de uma Nota Orientadora para alguns temas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>